Dicas fundamentais para organizar seu Orçamento domésticos!

Advertisement

O orçamento doméstico é algo profundamente importante para se organizar. Especialmente porque existem diversas formas de lidar com isso e diversos tipos de família.

Advertisement

Para isso, e para ajudar você a conseguir entender como a sua família vai se organizar financeiramente, vamos dar dicas importantes sobre esse tipo de situação e mais, mostrando tudo sobre esse tipo de preocupação que você precisará ter.

Quais são as questões centrais sobre o orçamento doméstico?

Quando pensamos em orçamento doméstico, pensamos que estamos falando apenas nas contas e na comida, mas na realidade é muito mais do que isso. Até porque as finanças tem também relação com as férias da família, com os presentes de natal, com a festa de aniversário de 15 anos da sua filha.

Advertisement

Tudo isso é gasto ou investimento da família, então tudo precisa estar previsto em seu orçamento.

Esse orçamento pode se tornar o melhor aliado de todos os membros ou um verdadeiro carrasco. Tudo depende da forma e das regras que se aplicarão dentro dos limites financeiros que você ter aos seus filhos.

Como estamos falando de uma realidade familiar em que geralmente os dois ou mais adultos responsáveis estão trabalhando, é importante entender que esse orçamento doméstico precisa ser dividido entre eles de forma que todo mundo consiga, ao menos, ter algum dinheiro para as suas despesas pessoais.

Advertisement

Nesse caso, o ideal é:

  • Somar todas as necessidades básicas de todos os membros da família.
  • Somar todas as contas.
  • Pagar essas despesas indispensáveis para a casa.
  • Lidar com o restante do dinheiro de forma coerente.

Algumas famílias trabalham com proporções dentro do total ganho, com o membro da família que ganha mais contribuindo com mais, mas isso é bem relativo. À partir do momento que existe “sobra” das despesas básicas, pode existir algum controle sobre isso ou maior liberdade.

Controle Vs liberdade: quais as melhores escolhas?

Uma das maiores questões sobre controle vs liberdade é a relação que se tem com as outras pessoas da casa. É diferente, por exemplo, querer controlar uma parte maior da renda do seu filho do que do seu irmão. Você deve entender essa diferença ao fazer o orçamento doméstico.

Advertisement

Nesse caso uma sugestão importante é ter uma conversa muito clara sobre a capacidade de discernimento de pessoa  e o quanto você vai poder ajudar essa pessoa com o que ela está precisando. Nesse caso, se estamos falando de um filho, por exemplo, obrigar que ele guarde 25% do salário dele em em um investimento.

Agora, se você está lidando com um irmão ou outra pessoa que não tem obrigatoriamente, a função de dar  educação financeira, deixe que essas pessoas lidem com as responsabilidades das suas decisões, sejam boas ou ruins.

É importantíssimo  que você tenha em mente que nem sempre o orçamento doméstico e o orçamento pessoal são a mesma coisa. É importante ter em mente que muitas vezes as suas reservas pessoais podem ser uma excelente forma de você não se sentir tão financeiramente dependente da família. E com isso ter mais controle sobre o seu destino.

Você está me dizendo para esconder dinheiro?

De forma alguma! A sugestão é simplesmente para manter reservas pessoais de dinheiro se possível. Essas reservas podem, inclusive, ser individuais ou em casal. O objetivo disso é simplesmente permitir que você tenha sempre a liberdade de escolher o seu destino. Mesmo que seja em um eventual divórcio ou para sair da casa dos pais.

Não investir seu dinheiro em luxos e ter uma reserva que pode comprar a sua liberdade em momentos extremos é uma situação indispensável para qualquer pessoa em uma família. Situações nas quais as pessoas se mantém em relações infelizes por dependência financeira são mais comuns do que se acredita, e com certeza valem muito a pena para todos!

Toda a família deve participar do orçamento doméstico?

Um erro que muitas pessoas cometem é separar o orçamento doméstico e isso dificulta para que a família consiga prosperar e construir seu patrimônio.

Para ter sucesso, o ideal é que todos os membros da família estejam juntos na hora de construir e seguir um orçamento. Isso porque ao juntar o dinheiro de todos fica mais fácil pagar tudo o que precisa e guardar o que sobrar. Além disso, evita que um membro gaste muito, enquanto outro só fica economizando.

É importante até mesmo que quem não contribui financeiramente com o orçamento saiba de tudo o que está acontecendo. Isso porque assim essas pessoas podem ajudar economizando nos gastos, assim não deixa o orçamento apertado.

E o melhor do orçamento doméstico é que ele pode ser usado para o bem de toda a família, por isso é mais fácil manter todos os membros empolgados com ele.

Siga nossas dicas na hora de fazer seu orçamento doméstico e você vai ter muito sucesso em sua solicitação. Caso ainda tenha dúvidas é só deixar um comentário que vamos te responder já!

Posts Relacionados