Como sair do vermelho na vida financeira com apenas 4 dicas!

Quando não damos a devida atenção a nossa vida financeira as coisas podem tomar rumos negativos, não é mesmo? Os motivos podem ser os mais diversos, neste artigo você descobrirá como mudar essa situação com apenas 4 dicas para sair do vermelho na vida financeira.

Anúncio

Saiba que antes de tudo, é importantíssimo compreender o real sentido de sair do vermelho e quais são as técnicas mais interessantes para isso, modificando a sua vida financeira de forma definitiva.

Você conhecerá mais sobre esse tipo de situação aqui no JR Finanças, entendendo as formas possíveis para sair do vermelho e as adequações que você deve fazer na sua vida financeira para nunca mais ter esse tipo de problema.

O que se precisa entender sobre como sair do vermelho na vida financeira?

Sair do vermelho é muito mais do que simplesmente pagar as dívidas. Assim como reeducação alimentar é muito mais do que simplesmente perder peso. Tanto em um caso quanto em outro, existe um problema de rotina que levou ao problema presente. Quando se estar no vermelho, a questão é gastar mais do que ganha.

Nem sempre é por irresponsabilidade. Pode ter sido um apenas um imprevisto ou uma doença como disse acima. O motivo não importa, mas em algum momento você passou a gastar mais do que ganhava. E quando isso acontece, consequentemente você gera uma bola de neve na sua vida! Agora vamos te ensinar como sair dessa situação.

*Para que isso aconteça essas dicas são importantes. Mas o indispensável é entender que sem a mudança dos hábitos de consumo, você vai se ver novamente na mesma situação.

Quais são as dicas para sair do vermelho na vida financeira?

Essas dicas são especialmente eficientes para aquele momento em que você se percebe no vermelho e precisa fazer algo a respeito, já que elas são algo como um processo. Se você ainda não chegou nesse ponto, provavelmente pode mudar o primeiro passo, mas nem sempre será possível.

1- Verifique o total da sua dívida e entenda melhor seu orçamento!

Entender a dimensão total da sua dívida e colocar o seu orçamento em perspectiva são situações que você com certeza vai precisa fazer para conseguir sair do vermelho. Esse é um ponto extremamente importante para começar a mudança na sua vida financeira no geral. Fazer um curso de finanças pessoais também é uma boa opção.

Depois disso, comece a separar os gastos indispensáveis dos desnecessários, que vão ser importantes para o próximo passo.

2- Comece a cortar gastos inúteis e verifique suas entradas de dinheiro!

Como comentamos antes, esse tipo de problema não acontece do dia para a noite, são necessários alguns meses de descontrole financeiro para se estar realmente no vermelho.

Nesse caso, faça a avaliação de quanto está entrando e de quanto está saindo de dinheiro da sua família, e então modifique seus hábitos para gastar menos, pagar as dívidas. Mas se possível, começe uma poupança para criar o tão desejado fundo de emergência.

3- Negocie as dívidas dentro da sombra que você planejou!

Aperte seu orçamento até sobrar alguma coisa para que você seja capaz de começar a pagar as suas dívidas sem deixar atrasar as contas mensais da casa. Esse é o ideal, mas se você conseguir pelo menos pagar as contas mais atrasadas para evitar cortes de serviços básicos como luz, água e internet e com isso ir ganhando fôlego para pagar as dívidas.

Conseguir algumas formas de renda extra (que são abordadas em outros artigos aqui do blog) podem ser uma forma de conseguir fazer uma renda maior e conseguir pagar suas dívidas.

4- Mantenha-se dentro do seu planejamento para não cair no vermelho na vida financeira!

Essa é, definitivamente, a parte mais difícil, porque a vida e a publicidade vão te trazer uma verdadeira infinidade de possibilidades de destruir seus planejamentos de novo. A vontade de comer comida pronta ao invés de cozinhar, aquela roupa/acessório/jogo/livro que você quer. Todas essas chances de ter coisas que você não precisa, mas quer, vão te torturar com frequência.

Aprender a lidar com essa tentação é indispensável para resolver essas questões. Aproveite que você conseguiu um plano para mudar a sua vida financeira e continue conosco. Isso porque iremos ensinar muito para você!

Dica Bônus

Além de seguir todas essas dicas que preparamos nesse artigo, também é importante que você faça investimentos, porque eles vão te ajudar a melhorar sua vida financeira. Se você economizar sem ter um objetivo com o seu dinheiro, as chances de não conseguir ter sucesso vão ser muito maiores.

O ideal é que você faça investimentos de curto e longo prazo. Cada um focado em um determinado objetivo, seja a compra de algo ou para construir seu patrimônio, e sempre coloque todo o dinheiro que sobrar em seus investimentos. Isso vai fazer com que seu dinheiro renda mais e vai te ajudar a não gastar atoa.

Dúvidas? Deixe um comentário porque a seguir vamos te responder!