Qual a reserva financeira ideal? Saiba como fazer a sua e mudar de vida!

  • Post author:
  • Post last modified:16/05/2022
  • Reading time:7 minuto(s) de leitura
  • Post category:Finanças

Quando falamos de reserva financeira estamos falando de dinheiro em estado líquido em rendimentos que podem ser sacados a qualquer momento, para eventualidades e dificuldades , que insistem em acontecer na vida das pessoasUma reserva financeira ideal não é simples de ser construída. No entanto, com certeza é uma das formas mais eficientes de evitar problemas emocionais relacionados a dinheiro.

Anúncio

Vamos falar mais sobre esse tipo de situação, qual o valor ideal da reserva a ser construída e quais são as principais vantagens que ela oferece para você. Continue lendo e confira!

O que é Reserva Financeira ideal?

A reserva financeira ideal ou fundo de emergência é, sem dúvida, a primeira construção financeira que você tem de fazer. Recomenda-se manter a reserva financeira em um tipo de fundo que permita liquidez diária. Ou seja, que você possa sacá-lo sem a necessidade de dificuldades ou problemas.

Investimentos que precisam do dinheiro paralisado para render não são uma boa opção para esse tipo de investimento. Isso porque sem isso existirá uma série de problemas e dificuldades para que ela possa cumprir sua função, que é a de ser um dinheiro que possa ser usado em dificuldades inesperadas.

Nesse caso, é importante também ter em mente que esse fundo de emergência deve ser usado apenas para as despesas de primeira ordem e investimentos inestimáveis para a qualidade de vida da família.

Qualquer outro gasto fora esses estão contra o objetivo desse fundo. É interessante entender também o tamanho desse fundo, sendo que o ideal é que se tenha o cálculo desse fundo com base no orçamento mensal médio da família. O ideal é ter pelo menos 3 meses de orçamento desse fundo. Mas alguns especialistas afirmam que o ideal é 1 ano de orçamento.

O que é reserva de segurança financeira?

Agora  que falamos sobre a reserva financeira ideal é precisamos dizer sobre a reserva de segurança. Calma, se você ficou em dúvida se existe diferença entre a reserva ideal e a de segurança a verdade é que sim, são coisas distintas, mas nós vamos explicar de modo que você entenda.

A reserva financeira ideal é aquela que você deveria ter, ou seja, sempre reservando pelo menos 30% do seus ganhos para despesas extras.

Já a reserva de segurança é um valor, mesmo que pequeno, que você deve guardar todos os meses para comprar coisas essenciais e emergenciais, por exemplo, pagar uma consulta ou comprar medicamentos, ou até mesmo comprar um gás que acabou e você não estava esperando por isso.

Sempre é preciso ter esse dinheiro de segurança para que você não seja pego desprevenido quando acontecer qualquer tipo de emergência.

Os valores da reserva ideal e de segurança são diferentes, mas os dois são importantes  para que não fique apertado no momentos que acontecem sem programação.

Qual o valor ideal da reserva financeira?

O valor ideal da reserva financeira varia do tipo de reserva. Para a reserva financeira ideal, como o próprio nome já diz, é ideal que você reserva 30% de todos os seus ganhos, ou seja, não apenas do seu salário, mas de todos os ganhos, até mesmo os freelancers, ou ganhos extras que se tenha em um mês.

Para a reserva financeira de segurança o ideal você pode guardar o valor que for possível. Se em um mês você conseguir guardar R$ 50 reais e em outro R$300, não importa, o mais importante é que você tenha o hábito de sempre reservar algum valor.

Logo, o valor ideal da reserva financeira vai variar de quanto você ganhar e de quanto você tem de contas fixas.

Como fazer a reserva financeira?

Agora vamos a parte que todos têm dúvidas, como fazer a reserva financeira?

Como comentamos anteriormente, esses valores da reserva financeira ideal podem parecer difíceis de serem conseguidos, mas com cerca de um ano guardando 30% da sua renda bruta você pode ter algo parecido com um fundo de emergência.

Esses valores são interessantes e importante para que você tenha mais tranquilidade. Mas se você conseguir em pelo menos um ano guardar 50% do seu orçamento, você já vai se sentir mais tranquilo! Esse tipo de fundo é calculado para que você tenha uma tranquilidade maior em uma perda de emprego, mas sabemos que existem alternativas nesses casos. Aprender sobre investimentos pode te ajudar!

Um gerenciamento inteligente de investimentos em renda variável, com a ajuda de uma corretora ou de um especialista, também pode ajudar você a desenvolver valores para compor esse fundo de emergência de forma muito mais eficiente do que agir de forma mais conservadora.

A dica, nesse caso, é usar , no máximo, 20% ou 25% do fundo de emergência já economizado para essas atividades de médio/alto risco. Além de nunca comprometer a renda central nesse tipo de empreendimento.

Finalmente, usar uma renda extra como de royalties, herança, 13 salário ou qualquer renda extra que você consiga não comprometer com dívidas ou gastos, é mais do que bem vindo como fundo de emergência.

Em quanto tempo  é possível conseguir a reserva?

O tempo para construir a reserva financeira ideal é muito relativo. Isso acontece porque cada pessoa possui um salário e um determinado valor de despesas fixas, e por isso o que sobra para criar a reserva varia de pessoa para pessoa.

No entanto, se você está realmente disposto a mudar seu padrão de vida para conseguir a reserva é possível dizer que em pouco tempo você consegue o valor que precisa. Isso porque o corte de gastos é um dos principais fatores que ajuda a fazer com que o dinheiro sobre para guardar. Mas infelizmente não são todas as pessoas que estão dispostas a fazer os cortes.

Além disso, se você souber fazer investimentos vai fazer o seu dinheiro render ainda mais, e isso faz com que você chegue ao montante que deseja com mais facilidade.

Por que é importante ter a reserva financeira ideal?

Se você não quer ter problemas financeiros no futuro e nem passar aperto na hora de fazer suas compras, sem dúvidas é muito importante ter sua reserva financeira. Com ela você não vai cair em dívidas em casos de imprevistos, e ainda vai poder juntar dinheiro para comprar os bens que deseja.

A falta de educação financeira é um dos principais fatores que leva ao endividamento, e por isso você deve ter cuidado e buscar se instruir para economizar mais e guardar dinheiro.

Com uma reserva financeira você fica assegurado nos casos emergenciais. Mas lembre-se que esse dinheiro não deve ser usado para fazer compras desnecessárias, como ir ao shopping, sair para jantar ou ir para festas. Esse dinheiro deve ser visto como para uso emergencial, ao contrário disso, finja que não tenha dinheiro guardado.

Por fim, a sua reserva financeira não deve ser feita em investimentos que só podem ser retirados depois de alguns meses. Ele deve ser guardado em algum lugar que você pode retirar rapidamente.

Dúvidas sobre a reserva financeira ideal? Deixe um comentário!