Juros empréstimo pessoal: Descubra o que você paga!

Em momentos de crise financeira como o atual que estamos vivendo fica cada vez mais difícil conseguir pagar as dívidas em dia, e até mesmo se manter, devido a alta taxa de desemprego do país. Nesses casos pedir um empréstimo fácil pode ser uma boa opção, mas antes disso conhecer os juros empréstimo pessoal é fundamental.

Anúncio

Está pensando em pedir um empréstimo? Não peça o seu sem antes ler esse artigo, porque nele eu vou falar tudo o que você precisa saber sobre as taxas cobradas. Confira!

Como funciona o empréstimo pessoal?

Um dos tipos de empréstimos de aprovação mais fácil é o empréstimo pessoal. Isso porque não é necessário dar nenhum bem de garantia para solicitá-lo e você não precisa comprovar a finalidade do dinheiro.

Além disso, é comum que muitos bancos já deixem um valor desse empréstimo pré-aprovado para o cliente, assim quando precisar ele pode solicitar o dinheiro pelo próprio aplicativo, sem a burocracia de falar com o gerente.

O melhor é que mesmo quem não tem conta em banco tem facilidade de conseguir esse dinheiro, porque muitas financeiras já possuem essa modalidade. E elas também liberam o dinheiro rapidamente aos seus clientes.

Juros empréstimo pessoal

Antes de pedir um empréstimo pessoal é fundamental que você fique atento as taxas de juros que são cobradas por ele. Isso porque elas costumam ser uma das mais altas do mercado.

O que acontece é que como esse crédito é de fácil aprovação o banco precisa ter uma garantia maior que vai conseguir recuperar o dinheiro e por isso ele cobra taxas mais altas dos seus clientes.

No entanto, cada banco possui suas próprias taxas de juros e por isso é importante que você pesquise para escolher o que possui juros empréstimo pessoal mais baixo. Para te ajudar, a seguir eu separei as taxas dos principais bancos, que são:

  • Banco Safra: 1,08%

  • Banco do Brasil: 3,06%

  • Caixa Econômica Federal: 3,32%

  • Itaú Unibanco: 3,70%

  • Banco Santander: 4,28%

  • Bradesco: 4,96%

  • Mercantil do Brasil: 8,68%

Compare antes de pedir o seu crédito, assim você vai pagar muito menos por ele.

Quando pedir?

Como você pode ver, o juros empréstimo pessoal é alto e por isso você deve saber quando pedir, porque ele não é indicado para todas as situações. Embora seja um crédito rápido, existem outras modalidades mais atrativas para quem precisa de dinheiro.

Esse empréstimo deve ser solicitado quando ele for para cobrir uma dívida com juros maior do que o que é cobrado pelo crédito. A exemplo temos o cartão de crédito e o cheque especial, que possuem taxas muito altas e por isso devem ser substituídas.

Além disso, em casos de emergência você também deve pedir o dinheiro, porque ele sai muito rápido e vai te tirar do sufoco.

Existem algumas pessoas que usam o empréstimo pessoal para abrir um negócio próprio, e nesses casos é necessário avaliar se realmente vale a pena antes de assinar o contrato. Você deve ver se o seu negócio vai te dar uma rentabilidade maior do que o que você vai gastar com seu investimento.

Quem pode contratar?

Embora o juros empréstimo pessoal não seja um dos menores, ele é um dos mais fáceis de ser solicitado, porque não existem muitos requisitos para pedi-lo.

Todas as pessoas que possuem mais de 18 anos, são residentes do Brasil e possuem documentação válida podem pedir o crédito. E o melhor é que em alguns casos não é nem necessário comprovar renda para fazer a solicitação.

Pode solicitar empréstimo pessoal com nome sujo?

Atualmente o número de pessoas que estão com o nome sujo é grande e por isso elas possuem dificuldade de pedir crédito. Mas no empréstimo pessoal isso não acontece porque ele é de fácil aprovação e pode ser solicitado por quem tem nome sujo.

No entanto, quem possui o nome sujo pode ter que pagar uma taxa de juros ainda maior porque o risco de crédito é maior.

Mas é importante lembrar que não são todas as instituições que concedem o empréstimo para negativados, você deve fazer uma busca antes de solicitá-lo.

É possível ter mais de um empréstimo pessoal?

Sim. Muitas pessoas pensam que só é possível solicitar um empréstimo, mas isso é um erro. É possível solicitar mais de um sem nenhum problema, desde que seu CPF passe pela análise de crédito feita pelo banco.

Além disso, antes de pedir um segundo empréstimo é necessário que você saiba que o valor das prestações não podem comprometer mais que 30% do valor do seu salário.

Também é importante que você analise seu orçamento para saber se você vai mesmo ter condições de pagar mais de um empréstimo, porque de nada adianta pegar muito dinheiro e depois sujar o nome porque não conseguiu pagar.

Vale a pena pedir o empréstimo?

Como você pode ver, o empréstimo pessoal é fácil de ser solicitado e o dinheiro cai na conta em pouco tempo após a sua aprovação, além de também poder ser solicitado por quem tem o nome sujo sem nenhum problema.

O principal ponto negativo é a taxa de juros empréstimo pessoal que é muito alta e pode fazer com que você se endivide muito caso não pague suas parcelas em dia, por isso é importante analisar bem antes de decidir se ele vale a pena.

É possível dizer que o crédito vale a pena conforme a finalidade dele. Isso porque se você quer solicitá-lo para reformar a casa ou comprar móveis novos, ele não vale a pena, porque existem outras formas de conseguir o dinheiro para essa finalidade sem pagar juros altos.

No entanto, se você precisa pagar uma conta com taxa de juros muito alta, ele vale a pena, porque vai cair em sua conta em até 48 horas após a aprovação, assim você vai conseguir pagar tudo o que está atrasado.

Também é importante que você analise seu orçamento e só pegue o crédito se tiver condições de pagá-lo.

Ainda tem alguma dúvida sobre o juros empréstimo pessoal? É só deixar um comentário. Assim que possível vamos responder você!