Essa é a dúvida de milhares de pessoas, por isso nossa equipe separou algumas dicas importantes para quem deseja ficar livre das dívidas. Não há uma fórmula milagrosa quando o assunto trata de finanças, mas vamos falar sobre algumas maneiras que vão ajudar você a se organizar melhor tanto na hora de comprar quanto quando for pagar as contas.

Como acabar com as dívidas?

Se o título desse artigo chamou a sua atenção provavelmente esteja precisando descobrir uma maneira de “sair do vermelho”, como costumamos dizer. E é exatamente disso que vamos falar, não de uma receita mágica para livrar-se das contas, mas sim de um novo estilo de organização capaz de fazer seu dinheiro render ainda mais.

Todos já passamos por situações em que acabamos comprando algo que não tinha tanta urgência e podemos nomear essa ação de “compra compulsória”. Que é quando gastamos dinheiro com algo que não era de extrema importância e poderia ter sido comprado em outro momento.

Nos próximos tópicos iremos destacar algumas dicas para ajudar você a economizar seu salário e acabar com as despesas.

Faça uma lista

Antes de sacar o salário e sair gastando, faça uma lista priorizando as contas mensais frequentes (água, luz, aluguel, internet, cartão) e tudo mais que tiver que pagar naquele mês. Não esqueça de atribuir as compras do mercado a essa lista prioritária.

Após concluir a primeira lista, escreva os itens que devem ser comprados com urgência e posteriormente aqueles que gostaria de obter caso sobrasse dinheiro.

A listagem é uma forma de se orientar sem gastar em excesso, principalmente no cartão de crédito. É importante seguir essa dica criteriosamente para evitar maiores despesas.

Cartão de crédito

O cartão de crédito é uma ferramenta útil, mas não deve ser utilizado para compras cotidianas e sim quando for realmente necessário seu uso. De preferência a pagamentos à vista quando possível, para evitar consumos sem necessidade.

O cartão de crédito pode ser utilizado para pagamento de serviços urgentes como conserto do carro, manutenções no imóvel, saúde ou similares.

Fuja das compras por compulsão

Comprar compulsoriamente pode virar uma rotina acarretando em produtos desnecessários que acabam servindo apenas para ocupar espaço. O mesmo serve quando o assunto é roupa, não tem porquê comprar peças novas somente por elas estarem em promoção.

É indispensável perguntar se o que você está comprando é realmente necessário. Essa atitude simples evita o consumismo. Lembre-se de seguir a lista priorizando o que realmente deve ser comprado.

Almoçar/Jantar fora de casa

Qualquer refeição feita fora de casa é muito mais cara, pois serviços como o preparo da comida, ambiente, garçom, entre outros, estão inclusos naquele custo. Sugerimos que as jantas, almoços e cafés em restaurantes não sejam frequentes.

Fazer uma refeição na residência com a companhia da família e dos amigos além de mais barata é também muito divertida, pois todos compartilham de um ambiente privado podendo estarem mais à vontade.

Gasolina

Esse tópico é um pouco polêmico, pois, algumas pessoas não possuem outra opção possível de locomoção, principalmente as que residem em metrópoles e capitais. Mas, acreditamos que a variação de meio de transporte é uma maneira de economizar gasolina, já que a mesma encontra-se com alto custo.

Escolha pelo menos um dia da semana para usar a bicicleta, ônibus ou qualquer outro meio de transporte coletivo. Se morar em cidades do interior, vá a pé, aproveite o dia para andar e observar a natureza.

Se ainda assim não conseguir dispensar o carro, use-o apenas para o que for indispensável como ir ao trabalho, por exemplo. (Clique Aqui)

Saiba aplicar o seu dinheiro

É de suma importância saber investir, pois se você seguir todas as regras que dispomos nesse artigo certamente vai sobrar mais dinheiro do que o habitual, o que não significa que você deve gastá-lo com produtos supérfluos.

Aplique o seu dinheiro para futuramente investir em algo lucrativo que traga ainda mais benefícios a sua vida financeira. Escolha uma agência bancária de sua confiança e veja as formas de fazer o dinheiro render.

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*