5 dicas para acabar com as dívidas (e não contrair mais)

Uma das maiores questões hoje em dia sobre as dificuldades da vida são as dívidas. Reduzir dívidas ou até quitá-las vem sendo um dos objetivos principais de muitos dos brasileiros nestes tempos de crise e exatamente por isso é extremamente importante saber a forma correta de lidar com essas situações.

Anúncio

Sabemos que sair das dividas pode ser um tanto complicado, por isso vamos dar 5 dicas principais de como reduzi-las e não contrair novas. acompanhe nossas dicas e entenda como.

5 dicas para reduzir dívidas (e não contrair mais)

Se você está endividado e não sabe mais o que fazer para mudar essa situação, eu vou te ajudar. Se você seguir direitinho as 5 dicas que eu vou falar nesse artigo + a dica bônus, sem dúvidas em pouco tempo você muda sua vida financeira.

No entanto, é importante que você esteja disposto a mudar de vez, porque você só vai conseguir alcançar os resultados que deseja se tiver força de vontade. Confira as melhores dicas abaixo!

1- Gaste menos do que você ganha!  

Registrar seus ganhos e gastos é essencial e existem diversas formas de fazer isso. Desde o bom e velho caderninho até apps de economia pessoal.

Manter-se atento as suas contas te ajudará a entender exatamente para onde está indo o seu dinheiro, pois só entendendo como o seu orçamento funciona para começar a reduzir dívidas.

Após anotar tudo é importante que no final das contas você esteja ganhando mais do que gasta. Caso dê ao contrário, você está gastando mais do que deve e por isso não vai conseguir sair do endividamento.

⮕ QUERO ME LIVRAR DAS DÍVIDAS!

2- Corte gastos desnecessários para reduzir dívidas!

Se você acumulou dívidas, em algum momento você gastou mais do que ganhava e deixou de pagar alguma coisa.

Cortando gastos você começa a reverter esse aspecto e faz com que o dinheiro sobre, ao invés de faltar. É importante usar esse dinheiro economizado para o pagamento da dívida e ir amortizando o máximo possível dela.

Essa é uma das dicas mais difíceis para quem deseja reduzir dívidas, no entanto, ela é fundamental. Isso porque mesmo que você ganhe um aumento no salário ou consiga outro emprego, se não aprender a cortar gastos, a tendência é aumentar ainda mais seus gastos e fazer mais dívidas.

Faça uma lista de todos os seus gastos e corte os que não são essenciais. Isso é fundamental para você ter sucesso financeiro.

3- Negocie sua divida

Existem formas bem interessantes de acelerar o processo de pagamento de uma dívida.

Fazer parcelamentos e amortizações para reduzir dívidas é importante, pois impedirá que os juros continuem correndo.

Em datas próximas do fim do ano ou quando a dívida está para prescrever, os credores acabam sendo bem eficientes em oferecer boas oportunidades. Mas isso não é motivo para deixá-la para depois.

⮕ QUERO ACABAR COM AS DÍVIDAS!

4- Evite a negativação do seu nome para reduzir dívidas

O maior problema das dívidas é a negativação do nome, que pode se tornar algo extremamente complicado para a sua vida no geral.

A negativação do seu nome pode impedir uma série de possibilidades interessantes para a negociação da sua dívida, como a contratação de um crédito com juros menores para amortizar uma dívida de juros maiores, por exemplo.

Por isso é bom você negociar antes de chegar ao ponto de seu nome ir aos órgãos de proteção ao crédito.

5- Troque suas dividas!

Se você está com dificuldades de resolver uma dívida de juros altos, antes do seu nome ser negativado, peça um empréstimo pessoal. Embora os juros desse empréstimo sejam altos, ele é um dinheiro rápido que você vai receber em pouco tempo para pagar as contas.

Isso é uma tática um pouco desesperada, mas é eficiente para evitar o efeito “Bola de neve” que é comum especialmente em dívidas de cartão de crédito.

⮕ QUERO ELIMINAR AS DÍVIDAS!

Não consegue poupar dinheiro? Pense de novo! (Dica Bônus)

Existem diversas formas de poupar dinheiro e reduzir dívidas que consideramos inadmissíveis a primeira vista, mas que podem ser uma forma diferente de encarar a vida.
Trocar a cerveja no bar por uma cerveja tomada em casa, cozinhar mais e pedir menos Delivery, mudar a lista de compras para produtos mais em conta e uma série de outras atitudes que, no decorrer do mês, podem fazer uma diferença considerável no seu orçamento.

Outro ponto indispensável são os gastos com entretenimento. Consulte a agenda cultural da sua cidade e aproveite as várias opções de lazer gratuitas que sempre podem ser uma boa opção para você!

Finalmente, uma das maiores fontes de gastos desnecessários são os trocados. Quando você gasta pouco dinheiro várias vezes, você acaba gastando bastante dinheiro. Se você usar a ideia de cofre de moedas, você pode se surpreender com o quanto de dinheiro você pode poupar! Vem com a gente nesse desafio?

⮕ QUERO DAR FIM ÀS DÍVIDAS!