INSS: É possível evitar os abusos do crédito consignado?

O crédito consignado é um dos mais fáceis de ser solicitado, isso porque a instituição financeira tem garantia de que vai receber o valor emprestado a você, visto que ele vem descontado diretamente do seu benefícios do INSS. No entanto, por estar disponível a quem está negativado, é comum existirem alguns abusos das empresas na hora de concedê-lo, mas será que é possível evitá-los?

Anúncio

Se essa também é sua dúvida, você está no artigo certo. A seguir eu vou falar tudo sobre o crédito consignado e se é possível evitar abusos na hora de solicitá-lo. Continue conosco e confira!

Como funciona o crédito consignado?

O crédito consignado consiste em um tipo de empréstimo pessoal que está disponível inclusive para as pessoas que estão com o nome sujo. O pagamento das parcelas desse empréstimo vem descontado diretamente da folha salarial ou do benefício do INSS de quem está contratando o serviço, assim a instituição possui garantia de que vai receber.

Devido a segurança de recebimento, é comum que esse tipo de crédito seja fácil e rápido de ser contratado, além disso, geralmente eles são o tipo de empréstimo com juros mais baixos, entre os empréstimos pessoais.

No entanto, não são todas as pessoas que desejam que podem solicitá-lo. Para pedir é necessário ser aposentado, pensionista do INSS ou servidor público. Em alguns casos os funcionários de empresas privadas podem contratar o serviço, mas isso só acontece quando as empresas são conveniadas da instituição que vai conceder o crédito.

Atualmente o número de aposentados que estão contratando esse tipo de serviço está muito alto, e por isso o endividamento cresceu muito nos últimos anos. Pensando em mudar essa realidade, o INSS colocou novas regras para que a contratação desse crédito seja mais rigorosa.

Os abusos vão acabar

A fim de acabar com os abusos que ocorrem no crédito consignado, algumas regras estão surgindo. Isso porque as instituições financeiras estão assediando os aposentados para que eles contratem o serviço, muitas vezes logo após eles conseguirem seu benefício, assim o dinheiro nem ao menos cai uma vez por completo na conta do beneficiário.

Devido a isso, atualmente as instituições estão proibidas de oferecer empréstimos logo após o beneficiário receber seu benefício. O prazo estipulado para que bancos e instituições possam oferecer o crédito é de 180 dias.

Além disso, as mudanças também valem para quem recebe o benefício, pois se caso ele solicitar o crédito antes de 90 dias após a data que recebeu seu primeiro benefício, ele vai ter o bloqueio do benefício. Essa medida pode parecer um pouco drástica, mas é para proteger os aposentados e pensionistas.

As ligações de ofertas de crédito consignado podem ser bloqueadas

É comum que várias pessoas, após conseguir o benefício do INSS, recebam ligações recorrentes de ofertas de crédito consignado. Mas a partir de agora, só recebe essas ligações quem quer. Isso porque é possível fazer o bloqueio para não receber nenhum tipo de ligação indesejada.

Para realizar o bloqueio é bem simples, e não é necessário nem ao menos sair de casa, basta acessar o site do Não Me Pertube e solicitar o bloqueio. E o melhor é que esse bloqueio possui validade de 1 ano.

Regras para contratar o empréstimo

Mas se você deseja mesmo é contratar o serviço, saiba que isso pode ser feito com facilidade, no entanto, é importante tomar alguns cuidados. É necessário que você leia bem o contrato antes de assiná-lo, além de fazer perguntas para saber todas as informações da empresa que está te oferecendo o serviço.

Além disso, também é importante conhecer as regras para contratar o crédito consignado. Isso porque o beneficiário só pode contratar um empréstimo cuja parcela comprometa no máximo 30% do seu benefício.

E no caso de cartões de crédito consignados, a porcentagem é ainda menor, sendo de no máximo 5% do valor do benefício.

Também é importante ficar atento para que a parcela caiba em seu bolso, levando sempre em consideração as demais dívidas que você possui, como aluguel, água, luz, comida e demais gastos. Para ter uma boa vida financeira, a recomendação é que todos os seus gastos não ultrapassem 20% do que você ganha, segundo alguns economistas.

Quais são os direitos do aposentado acima de 60 anos?

O aposentado acima de 60 anos possui alguns direitos antes de contratar o crédito consignado, assim ele fica resguardado de possíveis fraudes do banco. Através do site do consumidor é possível que ele exclua esse tipo de empréstimo, caso não o deseja mais. E também é possível fazer denúncias, caso esteja com débitos que não reconhece.

Além disso, nesses casos é necessário que ele também faça a reclamação na empresa que deu o desconto, e se por acaso o problema não for resolvido, entrar com uma ação no Procon ou na Justiça é fundamental.

Em casos de descontos sem identificação ou de empresas que você não conhece é bom ficar de olho, porque você pode estar caindo em uma fraude. É possível conferir o extrato de pagamento do seu benefício com facilidade, através do Meu INSS.

Taxas cobradas pelo crédito consignado

Conhecer as possíveis taxas que são cobradas pelo crédito consignado é fundamental antes de você contratar o serviço, assim é possível que você analise se realmente vale a pena pegar esse tipo de crédito.

As taxas são de:

  • 2,08% para empréstimos

  • 3% para cartões

Além disso, é importante que o aposentado saiba que só é possível fazer o empréstimo para pagamentos em até 72 vezes.

Vale a pena pedir crédito consignado?

Por fim é possível dizer que sim, realmente vale a pena pedir o crédito consignado. Isso porque ele pode ser feito até por quem possui o nome sujo e ainda possui as menores taxas do mercado, sendo uma excelente opção para quem quer sair do aperto.

No entanto, antes de contratar o serviço é importante tomar alguns cuidados, sendo que é fundamental que você leia bem o contrato, e escolha uma instituição de confiança para fazer a solicitação.

Ainda tem alguma dúvida? Deixe um comentário que vamos responder você!