Juros Rotativos: Descubra tudo sobre ele e saiba como evitar!

Advertisement

Uma das maiores questões e problemas do cartão de crédito são quando você é incapaz de fazer o pagamento da fatura mensal em sua totalidade. Quando isso acontece, o fantasma dos juros rotativo passa a assombrar você. Isso porque os valores crescem de forma absurda e impedem que as pessoas consigam retomar suas dívidas, já que elas crescem de forma exponencial.

Advertisement

Para entender melhor como isso funciona, você vai aprender como evitar o juros rotativo ao entender como ele funciona e quais foram às mudanças que aconteceram com ele nos últimos tempos.

Como funcionam os juros rotativo e porque ele mudou?

O que acontece quando você deixa de pagar o valor total da sua fatura de cartão de crédito é que esse valor passa a ser cobrado nos juros rotativo. Ele é uma modalidade especial de tarifa que cobra diariamente o tempo que você deixou de pagar os valores dessa fatura, sendo que apenas de um mês para o outro esse valor fica extremamente maior.

Advertisement

Exatamente por causa desse efeito bola de neve, que fazia com que os valores de dívida crescessem de forma absurda, o governo decidiu mudar as regras dos juros rotativo. Isso significa que você pode postergar esse pagamento por apenas um mês, e então precisa fazê-lo em sua totalidade. Ou então parcelar a dívida em um dos formatos de parcelamento de fatura.

Teoricamente isso é ótimo para o consumidor, mas obviamente os bancos conseguiram fazer com que as coisas voltassem a ficar complicadas, para não afetar a lucratividade desse produto. Os valores das taxas de juros de parcelamento de fatura aumentaram consideravelmente, o que faz com que você tenha um problema quase parecido, mas perca o uso do cartão de crédito enquanto está pagando o parcelamento.

Qual a consequência prática disso?

Um ponto extremamente positivo com isso é que você consegue diminuir o valor da sua dívida de forma muito mais interessante. Ao invés de tentar “enxugar gelo”, como acontecia antigamente, que você pagava, pagava e pagava e continuava devendo ao banco.

Advertisement

Ao mesmo tempo isso faz com que seja mais interessante usar o cartão de crédito para parcelamentos do que manter sempre pagamentos a vista. Você pode pagar juros rotativo e alguns adicionais, mas com certeza terá algumas questões interessantes para que você permita ter seus produtos de forma mais interessante e pagando muito menos.

O ponto central é que todo o sistema financeiro está posicionado para evitar que você crie uma dívida grande demais nos juros rotativo. E ela pode ir crescendo consideravelmente de outras formas, com juros e taxas do refinanciamento desses valores

Nesse aspecto, é importante emprese lembrar-se de usar o cartão de crédito com cuidado e sempre procurar parcelamentos sem juros, que são uma forma interessante de usar seu limite do cartão de crédito. Conseguir boas compras e diminuir as suas chances de contrair uma dívida que você será incapaz de pagar.

Advertisement

É possível usar o cartão de crédito sem cair no juros rotativo?

Muitas pessoas ficam em dúvida se é possível usar o cartão de crédito sem ter problemas com os terríveis juros rotativos, e a resposta é sim. Mas para isso é importante que você tome cuidado. Isso porque qualquer deslize pode te levar a ele.

Mas para te ajudar a não cair nesses terríveis juros rotativo eu vou te dar algumas dicas. A primeira é que você não tenha vários cartões de crédito. Isso porque quanto mais cartões você possuir, maiores vão ser as chances de você esquecer de pagar algum deles e cair nos juros rotativos.

Além disso, a outra dica é que você mantenha o pagamento da fatura sempre em dia. Isso pode ser difícil quando o orçamento fechar apertado, mas você deve sempre priorizar o pagamento do seu cartão. Isso porque poucos dias de atraso podem fazer com que você caia no efeito bola de neve.

Outra dica é para você ter um limite compatível com o que pode pagar. Muitas pessoas erram ao ter um cartão de crédito com limite mais alto do que podem pagar. E para evitar que isso aconteça, o melhor é que você tenha um limite baixo. Isso porque quanto maior o limite, mais você vai querer gastar, e depois pode não conseguir pagar tudo.

Existem outras alternativas além do cartão de crédito?

Dependendo do que você precisa, existem outras opções que você pode usar no lugar do cartão de credito para melhorar a sua vida e fazer suas compras. Algumas opções são cartões pré-pagos, financiamentos, e consórcios, que não possui juros rotativo. Eles podem ser uma forma de investir seu dinheiro para conseguir uma serie de produtos e outros diferenciais bem interessantes.

Não perca! Nosso blog sempre está trazendo as melhores informações e diferenciais sobre os melhores tipos de produtos e serviços bancários. Além de outras questões sobre taxas e formas de investir extremamente interessantes para você! Não perca, porque você pode aprender muito com a gente.

Dúvidas sobre os juros rotativo? Deixe um comentário porque a seguir vamos responder você.

 

Posts Relacionados