Como sair das dívidas em 2020? Descubra Aqui!

Anúncio

No começo do ano é comum que comecem as preocupações com os impostos que precisam ser pagos, pois muitas vezes eles extrapolam o orçamento e fazem com que as pessoas se endividem e comecem o ano no vermelho, pois acumulam com as dívidas do ano anterior. Não sabe como sair das dívidas em 2020? Então você precisa ler esse artigo!

A seguir você vai conferir 9 dicas excelentes de como sair das dívidas e ter um ano muito mais tranquilo financeiramente, para até mesmo poder investir o seu dinheiro. Continue conosco e confira!

Organize suas dívidas

O primeiro passo para quem deseja mudar de vida e sair do vermelho é organizar todas as suas dívidas. É comum que algumas pessoas tenham dívidas com datas de pagamentos diferentes e por falta de planejamento, acabam confundindo as datas e até mesmo pagando contas erradas, prejudicando cada vez mais seu orçamento.

Separe todas as suas dívidas e organize por ordem de pagamento. As que possuem a mesma data de pagamento, você deve organizar conforme os juros, dando prioridade as que possuem juros mais altos.

Até mesmo as pequenas contas devem entrar nessa lista, pois só após saber todas as suas dívidas vai ser possível realizar as mudanças necessárias para conseguir pagá-las e sair do vermelho.

Faça um planejamento financeiro

Se você está em busca de como sair das dívidas em 2020, saiba que é fundamental que você tenha um bom planejamento financeiro. Com ele você vai conseguir ver melhor quanto ganha e quanto gasta, para conseguir alinhar suas receitas e despesas e fazer seu dinheiro render mais.

Após fazer o planejamento financeiro com as dívidas fixas e variáveis é possível que você consiga saber se os seus gastos estão muito acima do seu orçamento e assim tomar medidas mais drásticas para economizar.

É importante que você tenha um planejamento financeiro completo, nele deve constar até mesmo os pequenos gastos.

Corte gastos para sair das dívidas

Sem dúvidas esse é um dos passos mais difíceis, mas é fundamental para quem está em busca de como sair do vermelho. Você deve separar seus gastos em necessários e não necessários, assim vai ser mais fácil decidir quais deve cortar.

Após fazer essa separação, você deve ir aos gastos desnecessários e cortar aqueles que não vão fazer tanta falta. Comece cortando os gastos extras como comer fora, viagens etc. Não se preocupe, pois esse corte não vai ser permanente, é apenas até você conseguir se controlar financeiramente e pagar suas dívidas.

Economize para sair das dívidas

Existem alguns gastos que comprometem muito o orçamento e que não podem ser cortados, no entanto, é possível começar a economizar neles. Você deve começar a controlar seus gastos e tentar economizar com algumas pequenas atitudes.

Não desperdiçar água, tirar os cabos da tomada após usar os aparelhos e desligar as luzes quando sai do ambiente é uma ótima forma de economizar. Além disso, se controlar para comprar apenas o que vai usar pode fazer com que você economize muito dinheiro.

O dinheiro que você economizar pode ser investido em um bom banco, assim você ganha, enquanto seu dinheiro está parado.

Procure novas formas de ganhar dinheiro

Se mesmo cortando gastos e economizando você ainda não está conseguindo pagar suas dívidas, uma ótima opção é você procurar novas formas de ganhar dinheiro. Existem vários tipos de trabalhos que podem ser feitos nas horas vagas. Esses trabalhos podem ajudar a melhorar muito a sua renda e fazer com que você ganhe mais dinheiro para sair do aperto.

O ideal é que você escolha um trabalho que goste de fazer e que se adapte bem a sua rotina, pois você também não pode se sobrecarregar. Fazer serviços como freelancer ou vendas pode ser uma excelente opção.

Analise as coisas que você gosta de fazer e tente transformá-las em uma forma de ganhar dinheiro.

Não compre compulsivamente se busca como sair das dívidas

É comum que algumas pessoas que estão em busca de como pagar dívidas tenham o hábito de comprar de forma compulsiva, e por isso elas acabam se endividando cada vez mais. Se você também é uma dessas pessoas, é necessário que você comece a pensar antes de comprar.

Sempre que desejar algo, analise se é realmente necessário e se você está precisando. Em alguns casos você pode até mesmo deixar para comprar depois e assim analisar bem se vale a pena ou não efetuar a compra.

Tudo o que não for necessário você deve deixar para depois. Foque primeiro em pagar suas dívidas, depois você volta a comprar as coisas que gosta.

Pesquise preços

Muitas pessoas pensam que fazer pesquisas de preço não ajuda a economizar, mas isso é um grande erro. Quando você começa a pesquisar melhor os preços você pode conseguir economizar muito.

Faça uma lista de tudo o que precisa comprar e analise o preço em vários locais, só faça a compra no local em que a maioria dos itens for mais barato.

Essa dica de pesquisa de preços é muito importante principalmente agora no começo do ano, pois é a época de comprar material escolar das crianças, e ao fazer boas pesquisas, você vai conseguir economizar muito.

Negocie as suas dívidas

Mais uma das principais dicas de como sair das dívidas em 2020 é negociando com os seus credores. Quando você decide fazer negociações é possível que você consiga ótimos descontos.

Para ter sucesso em suas negociações uma boa opção é já ter uma parte do dinheiro em mãos, assim fica mais fácil conseguir descontos. Mas mesmo se você não possuir dinheiro em mãos, tente negociar as dívidas e pedir descontos para que seja mais fácil pagá-las.

Mas é importante que você sempre cumpra os prazos com os credores, caso contrário você corre o risco de ficar cada vez mais endividado com os altos juros que vai ter que pagar.

Mude os seus hábitos para sair das dívidas

Não adianta você pagar suas dívidas no começo do ano e terminar 2020 repleto de dívidas novamente, não é mesmo? E é por isso que você deve mudar seus hábitos para conseguir se tornar uma pessoa mais controlada financeiramente.

Faça uma reflexão de como você gasta o seu dinheiro e procure por formas de melhorar esses gastos. Além disso, você também deve começar a ter o hábito de investir um pouco do seu dinheiro todo o mês, não precisa ser muito, mas ele deve ser investido todo mês para que você tenha uma reserva de emergência.

Deixe um comentário