Roubaram seu dinheiro do Auxílio Emergencial no Caixa Tem? Descubra o que fazer!

Advertisement

Diante da pandemia de Coronavírus, diversos países tiveram que se adequar e promover campanhas de restrições de aglomerações. No entanto, ao promover essas restrições, muitas pessoas perderam o emprego e acabaram ficando sem renda, e por isso o governo brasileiro criou o auxílio emergencial.

Advertisement

No entanto, muitos ainda vem passando por problemas na hora de receber o auxílio e alguns têm até mesmo o dinheiro roubado no aplicativo Caixa Tem, responsável pelo pagamento. Se assim como essas pessoas, você está tendo alguma dificuldade ou dúvida quanto ao recebimento do auxílio emergencial, este artigo é para você. Continue conosco e tire todas as suas dúvidas!

Aplicativo Caixa Tem

Ao se cadastrar e ter o auxílio emergencial aprovado seguindo o calendário para cada grupo de pessoas o pagamento é realizado através da conta digital Caixa. Essa conta é movimentada pelo aplicativo Caixa Tem, disponível para smartphones Android e IOS no Google Play e App Store, respectivamente.

Advertisement

Não é preciso abrir a conta ou mesmo ter que fazer cadastro. Ao ter o auxílio aprovado você tem sua conta aberta automaticamente. Depois é só acessar o aplicativo para movimentar o seu pagamento. Além disso, para não gerar filas imensas nos bancos para sacar o dinheiro, o governo criou um calendário para saque e também permitiu a emissão de um cartão de débito virtual no aplicativo.

Desta forma é possível pagar contas e comprar em milhares de estabelecimentos utilizando o cartão de débito virtual antes mesmo de sacar o seu dinheiro.

Fraude no aplicativo Caixa Tem

Embora tudo estivesse ocorrendo bem, algumas pessoas relataram ter o seu auxílio emergencial roubado no aplicativo Caixa Tem.

Advertisement

Ao ser questionada sobre estas fraudes a Caixa Econômica Federal, responsável pelo pagamento, informou que o banco vem fazendo manutenções e monitoramentos constantes na sua área de segurança, e que ainda há um mapeamento de ocorrências juntamente aos órgãos de segurança pública para coibir a fraude.

O banco informou ainda que caso alguém perceba a fraude ou qualquer indício que pode levar a isso, que a pessoa faça uma reclamação pessoalmente em qualquer agência do banco para que possam ser tomadas as medidas necessárias.

Como agir ao perceber que teve o auxílio emergencial roubado do app Caixa Tem?

Após relatar que teve o dinheiro roubado do aplicativo presencialmente nas agências do banco, a Caixa vai averiguar a irregularidade e se constatada ela faz o ressarcimento do valor integral roubado.

Advertisement

No entanto, antes disso é preciso fazer um boletim de ocorrência com a Polícia Militar. Isso porque somente com este boletim de ocorrência em mãos é possível abrir o processo de contestação para receber o ressarcimento.

Ao abrir o processo de contestação para receber o valor de volta o banco pede um pequeno prazo para que possa de fato fazer o pagamento. E embora não seja informado este prazo, estimasse pouco mais de 3 dias.

Não se preocupe, pois em todo o momento você vai ser informado do processo através de ligações do banco.

Como evitar ter o dinheiro roubado do aplicativo Caixa Tem?

Embora o número de fraudes constatadas ainda seja bem baixo e o banco esteja criando diversas medidas de segurança para que esse número caia ainda mais, é preciso tomar alguns cuidados.

O banco informou por meio de nota que o maior risco de sofrer uma fraude é através de golpes passados por meios de mensagens e links, muitas das vezes nada ligados ao banco. Por isso, para não cair em golpes e ter o seu auxílio emergencial roubado é preciso que você sempre acompanhe sua solicitação exclusivamente nos canais oficiais da Caixa Econômica e do Governo Federal.

Além disso, o banco informou ainda que em hipótese nenhuma faz o envio de mensagens com links através do Whatsapp e redes sociais.  Sempre tenha cuidados com estes meios de comunicação.

Quem tem direito o auxílio emergencial?

Criado para amenizar os impactos das restrições de aglomerações impostas pelo agravamento de casos de Covid-19 no país, o auxílio emergencial é disponibilizado para os seguintes grupos de pessoas:

  • Pais e mães beneficiárias do Bolsa Família
  • Pessoas que estão desempregadas
  • Trabalhadores informais de qualquer área
  • MEIs (microempreendedor individual)
  • Contribuintes individuais da Previdência Social

Além de estar dentro destes grupos de pessoas para ter direito ao recebimento do auxílio emergencial é preciso cumprir os limites de renda estabelecidos pelo governo, que funciona da seguinte forma.

  • Tem direito ao auxílio a família com renda mensal total de até 3 salários mínimos (R$ 3.135,00) ou com renda per capita de até meio salário mínimo, ou seja, R$ 522,50 por cada membro da família.
  • Tem direito ao auxílio quem teve rendimentos tributáveis de até R$ 28.559,70 conforme a declaração de imposto renda de 2018.

Quem não pode receber auxílio emergencial?

Segundo a lei, não pode receber o auxílio emergencial as seguintes pessoas:

  • Funcionários públicos, mesmo aqueles que só têm contrato temporário.
  • Pessoas que estão recebendo o seguro desemprego
  • Aposentados
  • Pensionistas
  • Pessoas que têm a renda mensal superior ao estipulado como limite

Como receber o auxílio emergencial?

Antes de tudo é preciso se cadastrar no site da Caixa Econômica Federal. Assim o governo vai analisar o seu pedido e caso cumpra com os requisitos você tem o pagamento aprovado.

Para isso, acesse a página da Caixa Econômica ou baixe o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial, preencha o formulário como se pede e aguarde a sua resposta.

Pessoas beneficiárias do bolsa família e também aqueles inscritos no Cadúnico não precisam se cadastrar e estão aptos para o recebimento, devendo apenas aguardar o calendário de pagamento.

Qual o valor do auxílio emergencial?

O auxílio emergencial é de R$ 600,00 reais mensais para pessoas cadastradas no Cadúnico, profissionais informais, MEIs, e contribuintes individuais. Já as mães solteiras beneficiárias do bolsa família recebem R$ 1.200,00 reais mensais.

O auxílio emergencial vai ser pago durante 3 meses. No entanto, há uma grande chance do pagamento do auxílio se estender caso a pandemia de Covid-19 se agrave ainda mais.

No entanto, ainda que seja só especulação, caso seja necessário estender os pagamentos é possível que as próximas parcelas pagas caiam de R$ 600,00 para R$ 400,00 ou R$ 300,00 reais.

Ainda ficou alguma dúvida? Deixe um comentário!

Posts Relacionados